Tenso, logo existo

Saudações, amígoles.

Está um tanto complicado para dar atenção ao blog essa semana. Entrega de trabalhos e tal, o tempo escassa e tudo fica tenso. Vocês entendem.

Assim que me organizar aqui, os posts voltam à regularidade tradicional. Mas só para não dizerem que não publiquei nada, segue abaixo uma animação minha (teve uma vez que me perguntaram sobre isso):


Link

A animação é baseada no livro Rostam: Tales of Love & War, escrito há mais de mil anos atrás por Abolqasem Ferdowsi (desafio alguém a pronunciar o primeiro nome desse cabloco).

É isso. Logo voltamos para a programação normal.

AvcF.

8 thoughts on “Tenso, logo existo

  1. por um acaso o nome ele nao se fala como se escreve né? XD

    do resto achei estranho o filminho acima,isso pq nao sei o q o livro diz…muito menos o q o video quis mostrar!

    ps:povinho sem cultura!

    Comentário do AvcF: o video se trata do que seria a abertura de uma animação contando um capítulo da saga do Rostam, no caso era o herói resgatando um rei que após saquear uma cidade, foi sequestrado por um demônio. Pronúncia não tem segredo, é “Róstammm” mesmo (com “M” Silvio Santos style). A história do Rostam é bem legal, cheia de batalhas e bastante drama. Mas é bastante longa também, pois faz parte de uma história maior chamada “O Livro dos Reis”, que conta muito da história e mitologia da antiga Persia (atual Irã, só pra constar).

  2. a parte da persia ser o irã ja sabia,ja q sempre fui fascinado por historia e geografia(grécia e egito..vixe)
    mas no caso do nome eu pensei q era desse caboclo:”Abolqasem”

    há braços

  3. Qual software você usou? Espero que não seja o Flash… (detesto Flash! rsrssr)

    Gostei da animação do bonequinho subindo na pedra e do efeito de fumaça quando a porta de pedra cai.

    De resto, poderia ter posto uma(s) musiquinha(s) de fundo no vídeo todo. Me lembrou bastante (especialmente o começo) as aberturas de Alisia Dragon e Lunar2.

    Comentário do AvcF: a animação foi feita com Photoshop, Flash e a mão também (o demônio, o rei e os soldados na parte da caverna foram desenhados com nanquim). Mas por que você detesta o Flash?

  4. Deve ser trauma xD Já passei muita raiva com ele tentando criar coisas simples e isso azedou meu humor com ele. As ferramentas de manipulação e criação de objetos vetoriais dele me lembram muito o MS-Paint, e sempre que eu precisava delas eu acabava me irritando e tendo que começar denovo – e assim como o NitroxxBR, minha paciência é bem curta com máquinas.

    Usei durante muito tempo o Corel RAVE, principalmente por eu ser “acostumado” com corel e vinha com todas as ferramentas do DRAW. Só não casei com ele porque ele é cheio de bugs e é muito instável. Até a Corel desistiu dele. O fato é que eu aprendi a driblar os erros dele (a maioria) e consegui ser bastante feliz com ele.

    Agora estou ensaiando tentar usar o Synfig, que me parece promissor e é gratuito – mas a verdade é que ele é o melhor software de animação pra linux que eu achei. Só que dessa vez eu aprendi a lição do Flash: Se não dá pra usar as ferramentas de desenho do software, desenhe tudo em outro melhor e importe tudo. ^^

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.