Mitos do Wii número 634536…O console que ninguém joga

Mitos do Wii número 634536…O console que ninguém joga

Saudações aos leitores.

Achei que não voltaria a esse tema tão cedo, mas mais uma vez vemos um preconceito cair por terra quando se trata do Wii. Novamente, através de fatos e dados mostrarei mais uma vez que aquela coisa chata e desagradável que é a realidade vem sempre estragar as convicções baseadas em vento que muitos se esforçam em manter a respeito do Wii.

Eu sei que parece repetitivo, assim como sei que muitos olharão esse post e dirão mentalmente ” lá vem esse doido nintendista encher o saco de novo!” Mas não é essa a questão, como bem sabem aqueles que acompanham o blog com regularidade. O fato que mostro nesse tipo de texto é como os preconceitos nunca duram quando confrontados com a realidade dos fatos, mas mesmo assim alguns persistem na tentativa de se transformarem em verdade via repetição. Dá até para enumerar uma sequência dos preconceitos que caíram por terra:

– O Wii seria um fracasso e geração atual uma corrida entre dois cavalos e um pônei;

– O sucesso do Wii é apenas uma modinha passageira, logo os “tr00 hardcore HD next gen” retomariam a frente;

– O Wii não vende jogos de produtoras terceirizadas;

– As pessoas compram o console, mas não compram jogos;

Se tiver mais algum que eu tenha esquecido, favor me avisar. Como vocês bem sabem, as hipóteses acima naufragaram quando confrontadas com a realidade. Mas aí surgiu mais uma para safisfazer o ego a rardecoridade gamer mundo afora, a de que os simplórios e boçais casuais compram o Wii, passam muito pouco tempo jogando, talvez devido a falta de profunidade e qualidade dos mini-games casuais (na cabeça dos rardecóres é só isso que o resto da humanidade joga). Os rardecóres passaram a pregar essa tese como um mantra, cujo significado subliminar é o de que as produtoras irão abandonar o Wii a médio e/ou longo prazo; a consequência disso será o console terminando abandonado pelos próprios casuais que um dia se cansarão das mesmas coletâneas de mini-games.

De tanto insistirem, finalmente as preces rardecóres foram atendidas. Foi quando o instituto Nielsen publicou um gráfico que mostrava o resultado de um levantamento que mostrava que o Wii só era mais jogado que o falecido GameCube. O Wii perdia até mesmo para o Xbox, outro console da geração anterior, também já falecido. Os detalhes vocês podem ver na imagem abaixo:

Por um instante, um alívio pairou no ar. A rardecoridade estava salva. Sim, pois estava aí comprovado que os tais casuais compravam o console por pura modinha e mal sabiam que aquele troço servia para jogar. Nos fóruns gamísticos rojões foram atirados em homenagem a redenção rardecóre. Tudo muito legal, tudo muito bacana, mas infelizmente a festa acabou de forma abrupta.

O site Kotaku noticiou que o próprio instituto Nielsen corrigiu os dados de seu levantamento, após um erro ter sido detectado. Agora, daremos uma olhada no gráfico revisado:

O gráfico mostra o levantamento de janeiro de 2008 até janeiro de 2009. Os dados exatos desse mês: PlayStation 2: 23.7%;
Wii: 20.7%;
Xbox 360: 18.2%;
PlayStation 3: 9.0%;
Xbox: 7.9%;
GameCube: 3.3%;

Pelo mês de janeiro é possível ver a derrota que, parafraseando Sean Malstrom, os irmãos gêmeos HD sofrem na geração atual. O console mais jogado pelos americanos pesquisados é simplesmente o Playstation 2, aparelho de nove anos de idade, pertencente a geração passada. Em seguida vem aquele que traria destruição ao mercado, o câncer da indústria, o Wii. Mais vergonhoso que isso só mesmo o resultado do Playstation 3, cujo tempo gasto jogado é 11% menor do que com o Wii e metade da marca do Xbox 360. O Xbox 360 apenas vence o Wii no levantamento de fevereiro desse ano:

Xbox 360 – 41%
Wii – 39.6%
PlayStation 3 – 19.4%

E por margem apertada, ainda por cima. Pois é, para desespero da irmandade rardecór, o Wii não é apenas o console mais vendido, disputando ponto a ponto com o Xbox 360 como o mais o mais jogado da atual geração. E mais um mito rardecór vai para o espaço.

Mas ainda tem mais

Agora que a rardecoridade está cambaleante, falta o golpe final. O site IGN publicou uma noticia comentando os principais aspectos da MI6 Conference, ocorrida em Los Angeles no começo desse ano. Lá houve um painel de discussões chamado Gaming 20/20 Panel, em que destaco as duas conclusões mais importantes a meu ver:

– O attach rate de software no Wii foi o maior entre os três consoles principais no ano passado.

– Guitar Hero vende melhor no Wii que qualquer outra plataforma.

Se acham que isso é chute de jornalista de games, dêem uma olhada nos participantes do painel:

Michael Pachter, Managing Director of Research at Wedbush Morgan Securities as moderator;
John Pleasants, COO of Electronic Arts;
Christoph Hartmann, President of 2K;
Kai Huang, Co-Founder of Red Octane;
Darrell Rodriguez, President of LucasArts;
JJ Richards, GM Massive.

Creio que não reste alguma dúvida, né amiguinhos?

Vou me despedindo por aqui. Sintam-se livres para discordar, a caixa de comentários está aí para isso, mas peço para os mais afoitos que seja com argumentos, fatos e dados. Não estou afim de deletar gracejos, como tive de fazer com comentários do post do Mario.

Abraços e até o próximo post.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time.

19 thoughts on “Mitos do Wii número 634536…O console que ninguém joga

  1. mas q bizarro, como os caras lançam uma pesquisa e um mes depois desmentem ela??? nunca vi nada assim…
    bom, quanto aos fatos…todo mundo sabe pq o wii vendeu…ele juntou a novidade (controle de movimento) com o preço, e ai disparou nas vendas (e isso sem um jogo decente…)…ai depois de um tempo a nintendo começou a lançar jogos decentes (ok, agora temos jogos para jogar…), e ai quem comprava wii, tinha algo para jogar finalmente…
    e agora, com 40 milhões de unidadades vendidas de wii, quais os jogos de sucesso?
    wii sports -vemm com o videogame…
    wiiplay- praticamente vem com o videogame…
    wii fit- isso eh jogo?
    e bem abaixo – mario kart!
    e descendo bem mais -smash brawl e mario galaxy
    ou seja, ainda continua um console puramente da nintendo…maaaassss, como EA e outros naum saum bobos (soh um poquinho…), agora, depois de 40 milhões de unidades vendidas e um mercado facil facil (onde qualquer coisa lançada vai vender no minimo umas 100 mil unidades), eles taum investindo na plataforma…e isso num eh conclusão minha naum, o proprio presidente ou sei lah oq da nintendo of america falou isso, naquela entrevista para a uol q jah coloquei aqui em um comentario…(reposto se quiserem)
    quanto aos jogadores, naum me convenceu…pelo grafico o wii soh passou a ser mais jogado agora em janeiro, mas em fevereiro vc jah disse q o xbox retomou a liderança…e com 16 milhões de unidades vendidas a mais, ter o mesmo tanto de jogador, naum acho um resultado bom para a propria nintendo…a nintendo pode ateh comemorar por finalmente ter passado a microsoft, mas sem alarde, pois ela soh passou agora, mesmo com mto mais wii vendido, e ainda nem passou o play 2, como vc mesmo disse, um console da geração passada de 9 anos atras…
    e outra coisa q me ocorreu a um tempo atras…a sony foi a unica com coragem para lançar seu VG com midia nova (eu achava q 360 usava hddvd), os outros foram um bando de covardes…minhas palmas para a sony pela coragem, espero q agora o blu ray comece a assumir o mercado e quando isso acontece, o play 3 vai começar a vender…marque minhas palavras (e isso vindo de uma pessoa q detesta a sony)
    eu acho q os jogadores de wii continuam pessoas desesperadas por jogos, os jogadores da microsoft continuam desesperados pelo tanto de defeito no vg (saiu mais um agora, o mesmo principio das luzes vermelhas da morte, cola q esquenta e desgruda parte de hardware, e por isso a MS extendeu a garantia em 2 anos…) e os jogadores da sony jogam um VG do futuro lançado no passado (9 nucleos, blu ray, tudo mto bom mais q ninguem usa ainda…)…
    cada um com seus defeitos, escolha o de sua preferencia…(diferente de antigamente quando vc escolhia pelo q era melhor, agora se escolhe o menos pior…hauahuahua)

  2. AVCF, vc já viu o que um tal de Johnny Lee (youtubeiem…) fez com os controles do Wii e os sensores infravermelhos? Saiu na Info esse mês, fui dar uma olhada agora e estou pasmo! O dia que fizerem um StarFox pra Wii baseado nessa tecnologia eu compro – apesar de nunca ter gostado muito da franquia!

  3. Fato verídico (?) que desaba por terra # 1: jogador nintendo desesperado por jogos.

    Eu mesmo já defendi esta idéia, principalmente quando os minigames de rayman eram a melhor coisa a se jogar no wii. Para quem ainda pensa assim, por favor, dê uma olhada melhor na biblioteca de jogos.
    Ainda não temos centenas de títulos imperdíveis, mas estamos caminhando.

    Fato verídico (?) que desaba por terra # 2: Sony dominará o mercado gamer com o ps3.

    Assim como sempre aconteceu, acontecerá novamente. Provavelmente as três grandes dos games já devem ter iniciado suas pesquisas e estudos sobre o que fará a nova geração de consoles.
    Em dois ou três anos teremos o “x-box 720”, o “PS4” e o “WII 2” ou “GAME-PIRAMID”, ou seja lá o nome ridículo que a nintendo dará aos bois.
    Ninguem vai querer ficar pra trás, nem a sony.

    Fato verídico (?) que desaba por terra # 3: ninguem joga os jogos da nintendo, apesar de comprá-los.

    Conhecem alguem aí que rasga dinheiro ? Eu não.
    Concordo que o tempo de gameplay dos titulos provavelmente era, na média, um tanto pequeno, pois grande parte destes era de natureza casual. Como o perfil dos jogos tem mudado gradativamente, seu tempo de gameplay deve aumentar também.

    E de mais a mais… caras… vocês não tem vida? Não têm amigos, emprego ou faculdade?
    Passar de 30 a 80 horas jogando um único jogo, geralmente sozinho, não é pra mim. Gosto muito de jogos, mas gosto também de ir a baldas, shows, de estar com meus amigos e tocar… fora meu emprego (8 horas do meu dia).
    Nestas 80 ou 90 horas livres, faço dezenas de coisas além de jogar.
    Geralmente quem tem tanto tempo livre para jogar, não tem a grana para comprar um ps3 + jogos caríssimos (realidade brasileira), ou ao menos, o faz com a grana do pai. Posso estar enganado, mas é assim que vejo as coisas.

  4. O Playstation 2 é mesmo um console incrível.Quase uma década de vida e ainda é o console mais jogado?Será que ele seria uma das razões para que o seu sucessor,o Plastation 3,ainda não emplacar?Quando finalmente acaba o seu ciclo de vida,não pode haver um exôdo de jogadores para PS3?

    Uma coisa que eu gostaria de comentar sobre o Wii,é que não pode dizer que todas as critícas feitas a esse console é coisa de “jogador radercore’ ressentido com o sucesso dele.
    Muitas das critícas feitas ao Wii ,me parecem ser bem genuínas.

  5. arpn, acho q naum q naum, o play 3 naum vai subir taum facil assim…acho q ele soh vai começar a subir quando a midia blu ray se popularizar, e ai vai haver um grande vantagem no play 3 (e com isso vem a pirataria junto, q para mim vende mais VG q qualquer coisa)..se o bluray naum se popularizar antes do play 4, entaum realmente o play 3 foi a geração ruim da sony, mas de jeito nenhum o play 3 bate o wii, eu disse q ele melhoraria as vendas quando o bluray ficasse popular, mas o wii jah ganho essa…e ainda acho q o play 3 eh um VG q pode durar na proxima geração, pq o hardware dele tah bem a frente dos outros, e nem chego perto de ser usado…
    e roger, quem disse q ninguem joga os jogos da nintendo? saum os unicos q saum jogados no wii, se ninguem jogar ele entaum ninguem joga nada…ahuahauhauau
    naum precisam acreditar em mim, vejam as palavras da propria nintendo
    http://jogos.uol.com.br/videos/player.jhtm?mediaId=entrevista-com-reggie-filsaime-04023168D4810326
    concordo q melhorou mto recentemente, mas para mim falta mto para ficar razoavel, imagina chegar no bom…eh uma comparação facil, pois eu tenho um ds, e sei q lança jogo bom todo dia, e vcs ai com wii, lança jogo bom todo dia?

  6. O problema Allan é que quando o blu-ray começar a se popularizar,já estaremos vendo a nova geração no horizonte,e acredito que ai o Playstation 3 já terá perdido sua chance.

    Outra coisa,Allan.Você acha mesmo que é a pirataria que faz o sucesso de um videogame?Eu penso o contrário,a pirataria de jogos para uma determinada plataforma aumenta na mesma proporção do sucesso dessa plataforma.

    Claro acredito que aqui no Brasil e outros mercados emergentes,ela tem sim algum peso,mas nos E.U.A,Europa e Japão a pirataria deve causar pouco impacto.

  7. Então, basicamente ele inverteu o princípio do Wii: em vez dos sensores infravermelhos detectarem os movimentos do Wiimote é o Wiimote (estático na frente da tela) quem detecta os movimentos dos sensores infravermelhos, fazendo um “head tracking” (achei difícil traduzir pra pt) que possibilita, entre outras coisas, emular/imitar/sei lá qual verbo a VR. O vídeo (em inglês), bem didático, está aqui http://www.youtube.com/watch?v=Jd3-eiid-Uw (quase 7 milhões de visitas).

    Ah, na reportagem da Info (aliás, recomendo a reportagem), aparece outro cara que conseguiu fazer um teremin com o Wiimote.

  8. ah thales, era isso,…jah vi isso ai a mto tempo, eh bem legal…um cara aqui conseguiu fazer o mesmo, eh de uma empresa de são carlos, a imaxgames…eu converso com ele e ele fez o mesmo na empresa dele e vai começar a lançar jogos educativos que utilizem o controle do wii…
    e ARPN, eu acredito sim q a pirataria faz mta diferença, naum acho coincidencia q os consoles mais vendidos da ultima geração foram os mais pirateados….e pq? pq a pirataria nesses consoles existe desde seu lançamento…se a pirataria começasse depois do videogame fazer sucesso, tudo bem, seria a consequencia do sucesso, mas normalmente ela começa antes mesmo dele fazer sucesso, bem pouco depois de ser lançado o console eh pirateado, e acho q isso faz uma baita diferença…
    imagine pelo seguinte lado…o vg eh lançado…vc sabe q ele roda jogos piratas a vontade…vc compra ele…as produtoras veem q o VG eh mto vendido, e resolvem lançar mais jogos, e ai o VG vende mais, eh um ciclo…concordo q no brasil pirata eh regra, mas lah fora os caras naum saum taum bonzinhos assim naum, quem compra o VG consegue piratear facil lah fora, e ai o cara ainda compra jogos (diferente de aqui, q uma vez pirateado o cara nuam compra nada), mas compra em menor volume, pois ele pode piratear os jogos mais simples ou q ele naum gosta mto…eh facil ver isso, toda a pirataria nasce nesses paises…vc naum ve um brasileiro q criou chip para piratear VG, naum ve servidor brasileiro para baixar jogos piratas (torrrent ou download direto), naum ve nem site brasileiro com imagens de jogos…eh tudo de lah, a pirataria nasce e morre lah, os piratas naum saum o pessoal do 3° mundo, mas sim os do primeiro mundo!
    outro detalhe q naum fez o play 3 decolar , para mim, eh a ausencia da pirataria…junta isso, com uma midia nova e pouco usada, e com a perda de exclusividade de jogos (q era a melhor coisa de play 1 e 2), e vc tem o motivo do play 3 estar nessa situação…qualquer virada em um desses 3 motivos faria ele decolar, na minha opinião (naum de passar o wii, mas de começar a vender bem, coisa q ele naum faz…)

  9. esqueci de falar thales, se naum me engano o wii rastrea a posição do usuario atraves de infravermelho mais um acelerometro…essa tecnologia jah eh usada ah um bommmm tempo na realidade virtual…na verdade se alguem se interessar, leiam um artigo do ronald azuma sobre realidade aumentada, chamado traking in unprepared environments, de 99…com a tecnologia de rastreamento descrita no artigo, dah para ver q a tecnologia do wii naum tem nada de novo, acelerometros jah saum usados a um bom tempo para auxiliar na detecção de posição…e mais uma coisa, o problema do infravermelho na realidade virtual eh q ele precisa de linha de visada por causa da luz, e isso eh mto dificil (quase impossivel) de garantir na grande maioria das aplicações de VR…sobre o assunto da para ler “A SURVEY OF TRACKING TECHNOLOGY FOR VIRTUAL ENVIRONMENTS”, mais completo q esse impossivel XD

  10. Valeu pelas explicações, Allan. Leve em conta que também não sou um especialista nessas coisas de tecnologia… 😛 Enfim, acredito que com a capacidade instalada do Wii mais o fato do Wii remote ter bluetooth isso possiblilta o surgimento de várias possibilidades para desenvolvedores (para Wii e, principalmente, PC – seria tão bom que algo baseado no wiimote substituísse de uma vez por todas o mouse…) e maiores orçamentos com P&D, já que daria para fazer produção em escala, vide a Apple com o iPhone.

  11. Oi allan…
    Eu quis dizer justamente o contrário do que entendeu. O papo de que ninguem joga nada do que compra no wii é lorota. Como eu mesmo disse, não conheço ninguem que rasgue dinheiro, e o estudo ao qual o texto se refere comprova isso.

  12. ah sim, concordo roger, oq a pessoa compra ela joga…alias, parece q tem uma moda nova agora entre donos de play 3 (e outros com jogos mto caros), a moda eh comprar um jogo original , jogar , e depois revender…pq normalmente os jogos tem baixo valor de replay, ai vc vende ele para comprar coisas novas, pq eh mto caro…hauahuahuahuaau…naum sei se isso tah no mundo todo, mas no brasil jah to sabendo de um pessoal q faz isso…
    e thales, ia ser mto loko mesmo um mouse “wiimote”, mas ainda precisamos de sair da tela do monitor, para as telas de projeção 3d, antes disso acontecer…mas uma tendencia a curto prazo acho q eh fazer monitor sensivel a toque, naum sei se ia ficar legal, mas alguem vai acabar lançando…

  13. vender game usado,hoje em dia rende muito!
    se eu ganhar meu play3 no bom dia & cia eu vo comprar um jogo,enjooar dele e vende ou troca por outro!

  14. Eu era fã da nintendo anos 80 (nes),90 (snes) depois tive o 64 devido ao preço migrei pro Playone ae veio o play 2 hoje casado com uma filha voltei pra nintendo com Wii , assim minha decendência vai conhecer New Super Mario um jogo de plataforma que abalou as estruturas da Sony .Mario é NOME

  15. O PLAYSTATION NAO PODE SER DESTRAVADO ISSO EH MAL PRA SONY POIS O DESTRAVAMENTO ELEVOU AS VENDAS DOS ULTIMOS CONSOLES .PONTO PRA NINTENDO.A SONY CRIOU UM CELULAR COM UM JOGO DE BOLICHE QUE SÓ FEZ DIVULGAR AINDA MAIS O WII REMOTE KKKKK .SETIMA GERAÇÃO É DA NINTENDO

  16. É realmente incrível como as coisas mudam e os críticos e céticos se calam com os fatos, eu mesmo fã ardoroso de bons games não botava nem um pingo de fé no wii, (apesar de posuir do SNES ao Gamecube) a Nintendo deu uma tacada de mestre, inovou (novamente) e provou mais uma vez que o que faz o sucesso do console são os games e não a quantidade de polígonos ou núcleos que ele possue. Essa geração foi vencida pela criatividade e de certa forma os perdedores se afogaram no próprio veneno da soberba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.