Um facho de esperança para Zelda

Saudações aos leitores.

Eiji “detonando com a série Zelda” Aonuma “cometeu” mais uma de suas entrevistas, desta vez para a EDGE. Creio ser desnecessário argumentar mais uma vez sobre as eterna platitudes acerca de como a série Zelda é boa “por seus puzzles” e sobre como ele (Aonuma) sempre cria novos meios para não ter que lutar (como o link pintado que anda por paredes). Enfim, vocês já sabem o que penso sobre esse assunto e não quero aborrecê-los com mais um texto crítico sobre Zelda. Ainda sim, ao ler o texto da página da EDGE, vi o que pode ser um facho de esperança para a série Zelda, reproduzo abaixo:

“Elsewhere in our interview, Aonuma expressed the desire to make different games, having spent the last fifteen years developing Zelda titles. “I’m 50 now, so I only have about ten more years to make games at Nintendo. I want to try all sorts of new things before it’s too late – I don’t want to get to the end of my career and only have worked on Zelda. But every time I come up with some good new ideas, they end up being used in a Zelda game! I need a six-month break to get away from the Zelda cycle and focus on something new [laughs]. But I’d probably end up making a game that’s similar to Zelda; after all, A Link To The Past was my biggest influence.” “

Após passar os últimos anos trabalhando intensamente para estragar a série Zelda, parece que nem Aonuma aguenta mais. Considerando que ALTTP 2 já deve ter seu ciclo de desenvolvimento encerrado (o jogo já tem até data de lançamento para o final desse ano) e teremos apenas mais dois games no futuro próximo (Wind Waker HD e “Zelda Wii U”), já vislumbro um horizonte em que a série possa voltar ao seu eixo original – ou ao menos voltar a ter qualidade que merece. E não apenas concordo como incentivo Aonuma a aplicar suas idéias “geniais” em outros games, assim como também acho que ele não deva encerrar sua carreira só trabalhando em Zelda. Até porque seria Zelda quem teria sua carreira encerrada.

Encerro mandando todo meu aopio a Eiji Aonuma em seu desejo de abrir suas asas e partir para novos projetos. Que tenha todo tempo e recursos do mundo para gastar toda a sua criatividade em jogos novinhos em folha. De preferência bem longe de qualquer coisa que tenha Zelda no nome.

AvcF – Loading Time.

2 thoughts on “Um facho de esperança para Zelda

  1. Concordo, em gênero, número e grau. Ele aliás, devia ter se afastado da série desde o vergonhoso wind waker, que apesar de ser um bom jogo, não tem nada de zelda.

  2. Espero que não só Aonuma saia do comando de Zelda, como que com sua saída a franquia ganhe um pouco de maturidade e volte a ter o prestígio de antes. É como Malstrom falou, os Zeldas de hoje não influenciam em nada, mas a NIntendo e os nintendistas mantem essa prepotência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.