Shinobi III: Return of the Ninja Master – Cool Vibrations

Oqueseria melhor do que comprar um clássico de Mega Drive (ou Genesis em terras ianques) para o virtual console? Porém a dúvida cruel batia me impedindo de escolher apenas um jogo, deixando-me horas para a decisão. A resposta veio através de um amigo que pronunciou: Ninjas são sempre legais. Ele tinha razão! Assim comprei Shinobi III: Return of the Ninja Master.

Lançado em 1993, Shinobi III marcava o fim da gloriosa série da geração 16 bits. Poderia ficar explicando aqui o quanto os gráficos são bons e tudo mais, porém prefiro passar o resto da matéria dizendo o quanto ninjas são legais. Veja bem, quem mais pode desperdiçar Shuriken na cara dos inimigos, se pendurar em qualquer canto feito macaco, rasgar os vilões com sua espada e usar um raio como escudo protetor? Você está dizendo que ninjas não usam raios? Bem, essa matéria é minha e se eu disser que ninjas soltam raio, eles soltarão.

Pois bem, somente um ninja de verdade poderá fazer tudo isso e muito mais. Para tentar impedi-lo, alguns loucos tentarão entrar na sua frente para testar o quão rápido morrerão. Se eu fosse um vilão coadjuvante em um jogo de ninja, jamais o atacaria. Mas como eles gostam de morrer, sobra ao chefe do cenário a tarefa de barrar o ninja. Aqui está nossa única oportunidade de morrer, pois esses são realmente grandes ou poderosos.

A história do jogo é um mistério. É incrível quando percebemos nossa falta de atenção para com a mesma. Veja bem, joguei esse clássico por anos e jamais parei para analisar a existência de qualquer trama no jogo. Mas pense bem: ninjas não precisam de desculpas para sair pelo mundo surrando qualquer um em seu caminho! Então, sinceramente, quem realmente se importa com a história? Basta dizer que um bando de louco provocou um ninja, cometendo o maior erro de suas vidas.
Shinobi III é, assim como Ninja Gaiden, a prova do quanto nós gostamos de ninjas. Sejam eles coadjuvantes em jogos de luta, assistente do Captain Commando ou um ciborgue descontrolado no Metal Gear, nós sempre teremos a tendência de idolatrá-los, mesmo que eles estejam querendo nos matar. Ainda digo mais: se um ninja fosse presidente do Brasil, seríamos a maior potência do planeta!

Sem alongar mais, Shinobi III: Return of the Ninja Master é um ótimo jogo para se comprar no virtual console. Um bom e equilibrado desafio com ótimos cenários, inimigos bem interessantes, power-ups, chefes pentelhos e tudo que um bom jogo precisa. Só faça um favor aos seus neurônios e fique longe na infame seqüência da franquia para o Playstation 2.

João Vitor Guedes – Loading Time

13 thoughts on “Shinobi III: Return of the Ninja Master – Cool Vibrations

  1. Eu não joguei o Shinobi do PS2, quem jogou foi o João, pergunte a ele. Embora me pareça que as versões 16-bits ssejam melhores, mas não posso afirmar com certeza.

    Aliás, o Genesis fez vinte anos e estou devendo um post sobre isso. Eu tô meio atolado na faculdade e aqui mesmo no blog com as traduções, mas eu darei um jeito.

  2. Bem, o shinobi do PS2 é apenas algo que não é, entende? Ele é até bacana, nada mais. O gráfico o porco, level design horrível não ajuda nada na jogabilidade (que até é boa, mas se ferra por causa disso). A dificuldade é grande, mas o clássico também era, logo posso afirmar que não incomodava,

    Shinobi do PS2 não chega a ser nem metade do desastre que é o novo golden axe, mas acho que um grande clássico merecia uma grande sequência. Só isso.

  3. Vixe, realmente detonaram o Golden Axe, eu me lembro de quando ia na casa de um amigo só para jogar ele no Mega Drive, já que eu tinha um Super Nes, ahh bons tempos. Fazer o que né, agora com essa mania de remakes, ainda vão acabar com muitos games por ai, por falar nisso até já sinto um cheiro de naftalina no ar…….

  4. Entendo seu ponto de vista João. Eu acho que fui até meio agressivo no post inicial, mas é que eu conheço TANTA gente e já vi TANTOS lugares criticando o jogo porque ele era “difícil demais”.

    Abraços!

  5. Comprei a fita para snes(3 em 1,com os 3 shinobis ^^)
    e achei bem legal
    e uma pena q nao tenha historia
    ps:comprei a fita para usar emulação,meu snes ja vendi e tenho saudades 🙁

  6. ai pessoal onde eu posso baixar Return of the Ninja Master mas que de certo pra eu poder jogar,e se prescizar de emulador,me de tanbém o link ou me add no msn pra gente poder conversar melhor !!

    agradeço desde jáh pra kem poder me ajudar

  7. Esse e o primeiro Shinobi do Mega Drive (The Super Shinobi, de 1989 – ou The Revenge Of Shinobi, se preferirem…) se igualam como os melhores de toda a série. Enquanto que o primeiro jogo não era tão sofisticado assim em termos de jogabilidade (ou melhor, quanto à variação dela) era difícil pacas. Bem, além da jogabilidade mais variada/sofisticada de The Super Shinobi II (Shinobi III: Return Of The Ninja Master), ele durante toda sua duração é um tanto mais fácil, porém na última fase a coisa fica uma bucha que só vendo! Logo, a meu ver se equivalem! pena que o Sega Saturn não teve tanta sorte com seu Shinobi Legions… 🙁

    A meu ver esses dois Shinobis do mega Drive (mais o Shadow Dancer)são bem melhores que qualquer Ninja Gaiden das décadas de 80 e 90. porém a tecmo virou o jogo a partir da década passada; enquanto a Sega fazia um Shinobi medíocre pro PS 2 (e a THQ lançava uma atrocidade de nome The Revenge Of Shinobi pro Game Boy Advance – que não tinha absolutamente NADA A VER com o do Mega Drive, infelizmente), atecmo botava prá lascar lançando seus novos Ninja Gaiden para X-Box, X-Box 360 e PS 3.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.