O motivo da minha ausência

Saudações aos moribundos.

Há uns posts atrás expliquei que um trabalho a ser feito estava (e ainda está) ocupando meu tempo e drenando minhas energias necessárias para a produção do conteúdo desse honorável blog. Pois bem, a imagem acima já dá a dica, e explicarei em maiores detalhes do que se trata a coisa e o trabalho que isso demanda. Tem um tanto de game design, então acho que lhes interessará. Acompanhem.

Final de semestre é sempre uma desgraça (e não é que já estamos no final de maio?). As obrigações acadêmicas vão se acumulando, o trabalho profissional astravanca o pogreço, e se bobearmos a vaca vai para o brejo. E no meu caso ainda há um blog no meio do caminho, no meio do caminho há um blog. Mas há também ou outro lado da moeda, que é o fato de que me divirto fazendo meus games.No caso do game desse post, ele será de fato mais do que um game, e sim uma instalação com gameplay. Se vocês já foram em feiras como o FILE, é mais ou menos isso que quero dizer.

Explicando a imagem: eu e coleguinhas de turma temos por obrigaç…digo objetivo, fazer uma instalação abordando o glorioso Metrô da cidade de São Paulo. Mas ao invés de fazer algo puramente artístico (leia-se esquisito e sem pé nem cabeça, mas que todo mundo acha culto e sofisticado), por que não fazer um game sobre isso? Então uma historinha bobinha foi criada como justificativa para o jogo, como um motivo para alguém permancer na instalação durante a experiência. A super trama consiste em um famoso ladrão que roubou um valioso objeto e viajou no tempo. Sendo assim, cabe ao jogador persegui-lo pela linha azul do metrô (não me perguntem porquê :lol:) antes que o meliante escape de vez.

Eu ainda não tenho muito o que mostrar em termos de material de jogo, pois a versão final ainda não está pronta. Mas a mecânica de jogo funciona de forma parecida ao dos antigos point ‘n click de PC, dos anos noventa. O jogo se deserola através de videos e toques do jogador via uma luva interativa. A seguir fotos para vocês entenderem melhor como funciona a bagaça:

Essa é a base para a interação, é ali dentro onde as coisas acontecem. O jogador fica ali dentro, e frontalmente um projetor projeta (seguuuura esse pleonasmo) a imagem de forma invertida, assim quem está dentro da “cave” (nós nomeamos assim o interior) enxerga o jogo de forma correta.


Não, não somos patrocinados pela Nike

Essa geringonça aí é a luva de interação. É através dela que o jogador realiza as ações durante jogo. Ela substitui o mouse, mas faz as mesmas coisas que um.

Aqui é o ponto de partida do jogo (após a tela-título, claro), em que a historieta é explicada ao jogador.


Esse é meu amiguinho programador Jota demonstrando como o jogo funciona.

Na segunda foto, esses quadradinhos que vocês vêem aí são os pontos onde o jogador pode tocar a telae acionar funções do jogo. Por exemplo, em cada estação nós temos um ambiente interno (a estação em si) e um externo, que é um local próximo da estação. Ah sim, tudo filmado sem que as pessoas percebessem(temos um cameraman ninja na equipe).A coisa funciona no seguinte esquema: o jogador precisa descobrir em qual estação o ladrão foi, e para isso tem que procurar dicas escondidas pela tela. Essas dicas podem ser uma imagem, um som ou um video; e apartir delas o jogador deve ir para a próxima estação. Caso o jogador demore muito, o meliante escapa e temos o game over. Em caso de sucesso, já temos o protótipo da ceninha final:

Em suma, queridos leitores, é nisso que estive metido esse tempo todo. Por isso que meu último post foi durante o fim de semana, por exemplo. Todavia, pretendo me organizar melhor aqui e não ficar tanto tempo sem posts. A presentação final dessa instalação será em duas semanas, mas como já está tudo bem encaminhado com o projeto, só restam ajustes finos a serem feitos.

That’s all folks. Abraços e bom fim de semana a todos.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time.

7 thoughts on “O motivo da minha ausência

  1. Imagino como não deve ser fácil criar projetos de finais de semestre num curso de Design e produção de games, (acho que é esse o nome né?) Muita gente deve imaginar que esse tipo de curso é só oba oba vamos jogar hehehe, vai sonhando…

    Boa sorte com o projeto do seu grupo André, quando tiver pronto comenta sobre ele no Blog.

  2. “…Final de semestre é sempre uma desgraça (e não é que já estamos no final de maio?). As obrigações acadêmicas vão se acumulando, o trabalho profissional astravanca o pogreço…”

    parei de ler aí… não seria progresso???? oO”
    huaheauheauhaeuha finalmente te peguei! hahaha

  3. Muito bacana seu projeto. Parabéns para você e a equipe. =)

    Pelo que ví parece um Myst com vídeos no lugar das fotos estáticas… certo?!

    Bem interessante!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.