Mitos do Wii número 857843543767…O console que ninguém joga 2 – O Retorno

Mitos do Wii número 857843543767…O console que ninguém joga 2 – O Retorno

 

Saudações aos leitores.

Comento no post de hoje novos dados que ajudam a mais uma vez a derrubar uma dessas noções que vemos por aí nos fóruns de video games e na boca de istas por aí. Vamo que vamo.

Bom, vamos direto ao assunto. O site Gamasutra publicou em sua página uma reportagem de Kris Graft, em que o presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime falou sobre falsas verdades acerca do Wii. Uma delas, é que assim que os compradores se cansam do do Wii Sports (ou Wii Sports Resort) que vem no pacote, largam seus video games por falta do que jogar. Sobre isso, Fils-Aime disse: “A taxa de horas jogadas no Wii…é maior do que sua taxa de aquisição”

“Então quer dizer que o Reggie falou, tá falado?” Não. Para dar liga a sua declaração, Reggie se baseou em uma pesquisa do instituto Ipsos que constatou 51% dos consumidores adultos do Wii (considerando-se de 18 anos para cima)jogam pelo menos 1 ou 2 horas por semana, enquanto que no Xbox 360 a taxa é de 26%, e no Playstation 3 é de 22%. Para não restar dúvidas, vejam os gráficos abaixo:


Os dados são da Ipsos e da NPD.

O segundo gráfico mostra a intenção de compra para seis meses, comparando o Wii com seus concorrentes, e até mesmo com os aparelhos da Apple. Mas tudo isso é novidade, certo? Não para quem lê o Loading Time, isso porque eu publiquei no dia 15 de abril do ano passado um post mostrando uma pesquisa da Nielsen mostrando dados semelhantes. Basta conferirem que está tudo lá.

Pois é, não se trata de questão de preferência por este ou aquele, mas sim de um fato. O Wii não é o “console dos casuais”, mais sim é o console de todo mundo, e o mais jogado também. É o líder incontestável de sua geração, mesmo com todo preconceito e rancor que muitos nutrem por pelo aparelho. Com seus méritos e defeitos, o Wii chegou onde chegou graças as suas virtudes, não de uma suposta burrice por parte de consumidores inaptos.

É isso aí, amigos. abraços e até o próximo post.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time.

Edit: a página 2010 E3 Expo Analyst Q&A Session da Nintendo do Japão tem mais informações sobre esse tema (texto em inglês).

18 thoughts on “Mitos do Wii número 857843543767…O console que ninguém joga 2 – O Retorno

  1. Nossa que legal Nintendo! Mas… e daí?

    O Wii nasceu líder e acredito que vai continuar sendo então… que diferença isso faz? =) O cara deu uma de político e não respondeu a pergunta da Gamasutra.

    De qualquer forma, continuo me identificando bem mais da biblioteca do X360 e do PS3 do que Wii.

  2. É avcf,só não acredita quem não quer ver porque dados concretos a nintendo tem.É uma pena que esses gráficos são usados mais para provocar guerrinhas bestas de consoles em forums.Possuo um Wii e um PS3 e não me arrependo de ter comprado nenhum dos dois,muito pelo contrário.Mr Geek.

  3. Pois essa é estranhamente uma vitória na geração (da Nintendo) totalmente justa, mesmo com o console sendo muito mais fraco que os outros dois

  4. scheldon disse:
    “Só acho estranho o 360 ser o único que tenha aquisição maior que a utilização.”

    simples,é pq ele queima que é uma beleza!

  5. Mr. Geek, nunca o console mais poderoso “ganhou uma geração”.

    Eu complemento com meu pessoal: me deu mais alegria vender do que comprar meu Xbox. Só do Bioshock tenho saudades. Agora, meu Wii, não vendo por nada. E olha que não consegui convencer minha esposa a jogar.

  6. @Riff: teve sim um caso em que o console “quase” mais poderoso na maioria das vezes ganhou a geração. A briga em questão foi a da saudosa 4ª geração (PC-Engine x Mega Drive x Super Nintendo x. NeoGeo), e na maioria das vezes o Super NES levou a vantagem. Ele tinha algumas coisas superiores ao Mega Drive e ao PC-Engine, mas o mais poderoso DE VERDADE daquela geração era o NeoGeo. Ao menos o vencedor daquela não foi o console mais fraco (PC-Engine; embora fosse sim muito bom e tivesse toda aquela “mamata” do CD-Rom).

  7. O wii é um ótimo console e a interação que ele oferece é maravilhosa, mesmo sendo algo simples comparado ao kinect, ele oferece uma diversão muito grande e duradoura, além de uma biblioteca espetacular, comprarei um play3, fato mas o wii não me decepcionou desde minha aquisição.

  8. O Wii vai ganhar esta geração de lavada, vai continuar a ser alvo de todo tipo de ataque e lembrado como “brinquedo para consumidores acéfalos”, o que é uma teoria insustentável, até porque faz muito mais sentido comprar um brinquedo funcionando por uma única vez do que outro que queima e por várias vezes (me perdoem se algum de vocês fez isso, mas é o que eu acho).

    Nota: não tenho Wii, não tenho PS3 e jamais terei um X-Box 360, da Microsoft só periféricos para PC.

  9. Nintendo rules, completamente. Nos portateis eu concordo, agora nos consoles caseiros, é como o Dunga, há quem defenda, há quem deteste… 50% XBOX360 50% PS3

  10. @Tchulanguero: Mas o PS 3 com essa “virada”, e todo o lance da estrutura do console para o 3D (que parece ser muito maior que a do Xbox 360) em breve pode propiciar uma reviravolta significativa na batalha desa geração.

  11. sei la, comprei essa merda no Japão, liguei por 5 minutos, desliguei e quase joguei no lixo, dei de presente pra minha irmã que quase fez o mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.