Mega Man 9 cala a geração Playstation

Saudações, meninos e meninas.

Certamente que alguns de vocês devem se lembrar que logo que o blog voltou após o ataque nuclear, eu já falava sobre Mega Man 9 e a expectativa e polêmica que ele causava. Após muita bobagem ter sido dita, entre mortos e feridos, enfim o jogo começou ser avaliado pelos sites especializados mundo a fora. Lendo algumas das análises, rapidamente já pude concluir: Mega Man 9 calou a geração Playstation.

É incrível o que a Capcom conseguiu com tão pouco. Além da sacada genial de inovar voltando ao passado, o projeto se esmerou naquilo que propunha: fazer um game novo para NES. A equipe responsável conseguiu resgatar o que havia de melhor na série clássica 8-bits – em especial Mega Man 2 – sem, contudo se repetir ou apenas reciclar elementos velhos. Não é um game que cheira a mofo. É um lançamento para NES em pleno 2008, via download. E que lançamento.

Mais incrível ainda é que a medíocre geração playstation, aquela mesma que acha que game bom é game com shaders 3.0 (mesmo sem saber o que isso seja de fato), desesperou-se com o lançamento de Mega Man 9 desde o começo. Isso vocês já sabiam. Mas o mais patético é que a choradeira e os faniquitos persistiram, a turba não dava trégua. As imagens iam saindo, depois os primeiros videos demonstrativos, artworks, músicas… tudo ia deixando tão claro que o projeto daria super certo, mas a molecada do bump map insista com suas argumentações confusas e mal fundamentadas.Quando as bobagens enfim pareciam ter se esgotado, surgiu a última esperança: “esse retrocesso será esmagado pelos reviews”, era mais ou menos o que muitos diziam. Falharam miseravelmente.

Os profetas do Apocalipse não conseguiram ver que esse era um projeto focado, competente, que fez uma série de opções ousadas e trabalhou sobre cada uma delas. Exatamente como eu escrevi há quase três meses : “A filosofia do projeto é fazer um game como se fosse um lançamento para Nes, utilizando as técnicas atuais para realizar coisas que não eram possíveis com o 8-bits em seu tempo, com novas fases, desafios, elementos, mas que sejam genuínos às raízes dos primeiros Mega Man.” Mesmo assim, precisou começar a serem publicados os primeiros reviews para que a geração Playstation fosse nocauteada e se espatifasse sobre a lona feito geléia.

Só para não ficar no discurso: IGN: 86. 1UP: 83. Games Radar: 90. Como eles mesmos gostam de relinchar pelos fóruns da internet: Owned.

Isso é o que dá ser preconceituoso e intransigente. Isso é o que dá serem ignorantes e acharem que manjam horrores de games, baseando toda (a falta de) conhecimento em preconceitos e ainda se colocarem títulos ridículos como “hardcores”. Sei que não aprenderão e sei que haverá outros games que sofrerão a mesma campanha negativa que Mega Man 9 superou. Mas eu também estarei aqui sempre para criticar essa gente, representando os gamers de verdade.

Em tempo: o game está disponível para as três plataforma de mesa, Wii, Xbox 360 e Playstation 3.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time

16 thoughts on “Mega Man 9 cala a geração Playstation

  1. Já peguei , 15 reais bem gastos . Fazia tempo que eu não jogava um jogo dificil (isso pq semana passada estava jogando justamente megaman 2)

  2. Os caras tão relinchando (quase que literalmente) pelos fóruns afora por causa desse jogo. Além do famoso discurso do “retrocesso”, tem cara injuriado por ter vendido a mãe pra comprar um console da nova geração e ter que jogar um jogo de Nintendinho.

    Pra mim isso foi uma das maiores sacadas da Capcom, até porque Mega Man sempre foi legal com gráficos simples.

    É o que eu digo, jogador hoje em dia não quer jogos, não quer diversão, ele só quer um hardware de última geração com qualquer porcaria de jogo com gráficos ultra-realistas (que de tão realistas ficam falsos até em alguns casos) pra poder mostrar pros amiguinhos.

    Geração PlayStation nada, é geração Piada mesmo.

  3. Essa turminha é dose mesmo. Pior que vi uns por aí que ainda depois de tudo isso rezavam pro jogo vender mal, se ferraram novamente. Parece que só a versão wiiware já teve mais de 60.000 downloads, além das versão PSN e Live que não consegui confirmar ainda. Errar é humano, mas persistir no erro é burrice, dá-lhe relincho.

    Enfim, deixa eles se divertirem nos games com cenários bezuntados de óleo.

  4. vale informar que pra box só daqui 7 dias…e pro psn, se eu não me engano, amanhã.
    Mulekada besta que começou a jogar videogame com o playstation é mesmo foda…acham que ver o sangue em 1080p é o que há. O sjogos estão cada vez mais fáceis e eu me irrito só de ouvir nego chorando que God Of War é foda…

    Não se pode tirar os méritos da nova geração, mas tbm não se pode achar que game bom é aquele que tem gráfico bom. mesmo que dizer que filme bom é aquele com milhões de efeitos bestas…talvez essa molekada deva achar Velozes e Furiosos um filme bom…

    Box art do megaman 9 tá genial, jogo tá foda e espero que façam muito disso…sem pentelhação de encher o jogo de neon, colocar em HD e botar na Live dizendo ser remake…foda.

  5. Tem nada de relinchar não amigo, você também deveria saber aceitar as opiniões adversas, coisa que não sabe.
    Tem gente que se apega a novas tecnologias, jogabilidades novas e etc, enfim, que se apega a evolução e não consegue mais ver o prazer de jogar estes jogos. Há de se respeitar quem pense assim, e não rotular como geração play station, pois eu mesmo penso assim e comecei a jogar no odissey. Acho tosco que um site como o gamehall aceite publicações de textos amadoramente escritos em tom de revolta, de uma pessoa que não sabe aceitar que há pessoas que simplesmente não se interessam por essas coisas e que prefeririam um mega man com novas tecnologias

  6. Diferente do outro usuário que postou como “a” e resolveu só falar bobbagens de forma anônima, pelo menos você não veio com palavrões, então te respondo. Então vamos lá:

    Eu aceito opniões contrárias, se não fosse esse o caso , o seu comentário não estaria aqui, além de que se você tivesse lido o primeiro texto acerca desse assunto, perceberia que minhas criticas são específicas ao grupo que chamo de “geração playstation”.

    Você pode achar o Loading Time tosco, mas não é o que pensa os administradores do Gamehall, pois este é um dos blogs mais acessados e respeitados do GM, caso contrário não teria textos publicados na home do Uol Jogos. Não é porque você não concorda que é ruim, não confunda seu gosto com qualidade. Mesmo porque, me parece que você não acessou o resto do blog para fazer tal avaliação.

    Se as pessoas não se interessam “por essas coisas”, como explicar a enorme expectativa e subsequente sucesso do jogo? Ou acha mesmo que só os saudosistas sutentariam o sucesso comercial e de critica de Mega Man 9? A não ser que você tenha dados para se basear, seu preconceito não se sustenta.

    Ok? Pelo menos aqui você escreve melhor e é um pouco mais bem educado que no fórum. Se você quiser discutir, estou numa boa para te responder aqui neste espaço.

    AvcF.

  7. Bom meu caro, me baseando apenas neste texto que vc escreveu eu não vejo por onde vc respeita opiniões adversas, porque vc taxa automaticamente todos que não agradam da proposta de mega man 9 de geração play station, uma generalização preconceituosa.
    Não conheço o blog, e não quis desmerecê-lo sem o conhecer, mas achei seu texto de um amadorismo absurdo, além de tendencioso e preconceituoso, sem ofensas, e se o blog contem este tipo de texto com frequencia, então não devo nem perder meu tempo o lendo.
    E quanto ao sucesso do jogo, eu creio que sim, ele é apenas o reflexo de vendas para um grupo de entusiastas hardcores, não acho os números grandes o bastante pra demonstrar que atingiu ao mercado casual e não acredito que o mercado casual de hoje tenha apelo para este tipo de jogo.
    E no fórum também nunca ofendo ninguem pessoalmente, embora as vezes possa parecer meio arrogante.
    Bom este é meu ponto de vista, e espero que vc não se ofenda.

    Um abraço, X.

  8. Reproduzo o que escrevi no fórum como um resumo do conceito de “geração playstation”:

    “Quando me refiro a “calar a geração playstation”, me refiro a esse pessoal que ou nasceu ou começou a jogar videogames na década de 90, e que despreza qualquer coisa que seja antes desse período ou que pareça anterior. É o pessoal que acha que jogo sem animações pre-renderizadas não interativas (que costumam chamar genéricamente de CGs) não prestam, que jogos bidimensionais são rídiculos e fáceis de fazer, que jogo adulto tem que ser recheado de sangue e ter protagonistas machões e musculosos (caso contrário, o jogo pode receber a pecha de infantil ou homosexual). Enfim, é o pessoal cuja memória gamística não consegue ser anterior a 94, são os mesmos que agora adoram usar o carimbo de “casual” a qualquer troço que lhes desagrade.”

    Portanto, se você reler o texto com atenção (e reler também o texto anterior que escrevi (http://loadingtime.gamehall.com.br/?p=5), perceberá que não há generalização e sim uma critica ácida a esse grupo (GP) em específico.

    Conhecer o blog só depende de você, ele tá aí para qualquer um acessar, basta vontade sua. Não tenho porque me ofender, nem todos os meus textos agradam a todos, normal isso.

  9. Por isso é foda falar ou escrever de game. Aguentar os egos inflados dos jogadores é um horror, ainda mais nos que se sustentam no conhecimento de senso comum baseado nos anos de jogatina. Parabéns ao texto, mas poderia ser menos radical. Os fóruns e textos de games não conseguem ser relativistas nem aqui nem da roça do capeta.

    Pq entre os fãs não pode existir vários que entendem por igual? Pq sempre um tem que ter a rola maior que o outro? Uso o fórum Uol como exemplo…ninguém lá é neutro, todos sabem mais que todos, cada um tem sua marca favorita e, quando resolvem debater, acham que escrever o português corretamente é sinônimo de inteligência. Só tenho uma novidade para todos vocês:
    1- A ciência é relativista. Pois bem, se querem parecer ao menos “pesquisadores” ou “entendidos”, deveriam aprender que nada é verdadeiramente absoluto.
    2- Vocês amam a marca, mas ela não sente nada por você. Esse é o capitalismo que pouco se importa com sua reclamação diária.
    3- Escrever português corretamente é mais do que obrigação do brasileiro. Então parabéns, você não é analfabeto.
    4- Se todos entendessem tanto assim do mercado, estariam ganhando dinheiro com ele. Seja na produção de jogos, administração ou até bolsas de valores.
    5- Quando der sua opinião sobre algo, não precisa se sustentar no quão grande é seu ego descrevendo todos seus conhecimentos, história e diplomas. Quem é bom, não precisa gritar para todos.

    Sem mais.

  10. Ainda bem que a aula hoje é só apresentação de grupo :]

    Obrigado pelos elogios. Reconheço que sou ácido nas minhas criticas, geralmente proposital mesmo, é meu jeito. Por isso até que incomodo muito alguns com minhas opniões, o texto do “Caso Magazine Luiza” que o diga. E quase sempre por ataques anônimos.

    O problema dos fóruns, complementando seu raciocínio, é que é povoado por personagens, não por usuários “reais” (em especial o fórum Uol que tem pouco controle sobre o que acontece lá).

    Eu já começei a trabalhar com games, já estou cada vez mais descobrindo o trabalho que é fazer um game. Por isso que me revolta ainda mais quando um “zé” do fórum me vem e fala que um jogo como Mega Man 9 foi feito em uma tarde por um estagiário da Capcom. É ignorância demais para um ser só. O pior que vários lá pensam assim. Por isso reitero o que disse no texto: Mega Man 9 calou sim a geração playstation. E com estilo.

  11. Grande texto. Exagerado na ‘acidez’ da opinião, mas o jogo de fato calou a ‘geração playstation’ sim.
    Comecei a jogar com um master system, passei por todas as gerações desde então, como jogador assíduo.
    E não sou fã de marcas, mas da forma como se faziam jogos antigamente. Até aprecio grandes jogos nascidos nas plataformas da sony, mas detesto ouvir os termos “jogo de criança”, ou “jogo de bichinho”. Esse papo de que jogo adulto precisa de sangue, mulheres seminuas e heróis armados até os dentes é lorota. E gráficos HD não tornam a diversão mais intensa.
    A criatividade, que obviamente ainda existe nos desenvolvedores, parecia estar mais em foco nas plataformas antigas por causa das limitações, é quem se fazia a estrela dos jogos antigos.
    Por acaso alguém aí acha que ter seu estoque de bananas roubado, ou ver uma princesa sequestrada pela enésima vez é um bom roteiro ? E o que dizer de um cientista louco que “robotiza animais” ?
    Clássicos como Megaman, Donkey Kong, Mario e Sonic se faziam incríveis pela diversão que proporcionavam, não pela tecnologia usada.

    Bato palmas para o time da capcom, que enfrentou o desafio descomunal de fazer, da forma mais simples possível, um jogo interessante mesmo comparado aos padrões atuais, sem cenas em CG, sem vastos ambientes 3D, e sem toda essa bobagem de que “só é bom se for HD”.

    Quero mais jogos criativos, e menos coisas do tipo “assista a cena e aperte o botão na hora certa para se esquivar”.

  12. Apoiado! Essa molecada de hoje é mesmo muito chata. Não tenho grilo algum com plataforma ou game(…mesmo preferindo 2D!), mas é certo que hoje a diversão que um game oferece é pensada como um “extra” que acompanha os belos gráficos.

  13. afff…eu tenho raiva de quem fala q Mario,mega man e cia e coisa de viado!
    xeguei pra um garoto de 8 anos, mais ou menos, e falei para ele q
    mario kart era legal, sabe o q ele me disse?
    me xingou de viado.
    isso e por causa dessa maldita “geraçao playstation” e tambem por causa dos god of wars e dos GTAs da vida

  14. avcf, apesar de tudo vc tem q admitir q um jogo como megaman naum leva nem um decimo (1/10) do tempo q leva para fazer esses jogos com graficos pesados. e quanto a discussão sobre a geração playstation, cada um gosta de uma coisa e naum acho q a pessoa deva ser criticada por isso, deixa o cara gostar do crysis ou god of war enquanto vc aproveita a vida com megaman, remake de crhono trigger para DS XD e e algumas outras belezinhas q eles taum lançando hj em dia. a maoria do pessoal q comentou aqui parece gostar mais de 2d, mas alguem tem coragem de falar q naum vai jogar street fighter 4 soh pq os personagens vaum ser meio 3d? oq eu quero dizer eh, o importante eh q o conjunto do jogo seja bom, e isso envolve mais do q graficos 2d ou 3d.

  15. Allan,

    Você se equivocou quanto ao que eu quis dizer sobre “geração playstation”. Pra entender melhor, sugiro a leitura do texto que escrevi a respeito:

    http://loadingtime.gamehall.com.br/?p=107

    Entenda que não sou saudosista, nem “anti-3D”, nem que jogos antigos sejam melhores ou tenham uma tal mágica que os novos não supostamente perderam. O que eu ataquei foi o preconceito com que o MM 9 foi tratado por esse grupo de jogadores que podem ser enquadrados nessa categoria que citei no começo do post. Não tenho vergonha de jogar nada, ao contrário, e justamente por isso que aproveitei MM9 do mesmo jeito que me diverti em partidas online de Mario Kart Wii.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.