Especial 10 idéias idiotas 2 – parte final

Saudações aos desiludidos.

Enfim chegamos ao final do especial mais pestilento já feito sobre o universo dos videogames. Alcançamos o fundo do poço, a marca final, o ultraje da idiotia humana. Na primeira versão do especial 10 idéias idiotas, eu coloquei no primeiro lugar uma seqüência de burradas que destruiu um console e sua empresa. Dessa vez não cheguei a tanto, mas falarei no post de hoje sobre uma seqüência de burradas que queimou para sempre a imagem de uma empresa perante os jogadores de videogame e provavelmente a impediu de ter qualquer chance de vencer a atual geração de consoles. Só para fazer um suspensezinho sem vergonha, somente após clicarem no link que vocês saberão do que se trata o post. Apertem os cintos e vamos em frente. Acompanhem-me.

As três luzes vermelhas do Xbox 360

Siiiimm, amiguénhos, elas um dia iriam figurar aqui no blog. As temíveis, assustadoras, horripilantes e tenebrosas três luzes vermelhas da morte. Como cheguei a dizer naquele artigo sobre os personagens engraçados dos fóruns de videogame, cerca de 90% dos caixistas sofrem de pananóia crônica, devido ao fato de possuírem um console que pode dar chabu a qualquer momento. E quando digo a qualquer momento, não se trata de uma figura de linguagem. Quando se pesquisa um pouco sobre esse assunto, descobre-se que o Xbox 360 foi durante um bom tempo um console semi descartável. Aí viera o ista com aquela indignação típica e dirá com toda a eloqüência de um chipanzé bêbado de Amarula: “Daaar!Até parece que a Microsoft teve a idéia de fazer as três luzes vermelhas!!” Óbvio que não. Mas como qualquer tipo de acidente ou grande cagada, a coisa toda sempre termina como uma somatória de fatores. Ou no popular, um juntado de idéias idiotas.

Aqui houve de tudo. Negligência, indiferença, prepotência, falta de cuidado e as vezes pura e simplesmente idiotice mesmo. Mas quais idiotices foram, afinal? Bom, sentem que lá vem história, caros leitores. Vamos do começo, então. Segundo Dean Takahashi, autor do livro The Xbox 360 Uncloaked, o Xbox “original” foi um buraco que sugou dinheiro da Microsoft. Para vocês terem uma idéia do tamanho do rombo, a divisão de entretenimento domestico (Home and Entertainment Group), perdeu no espaço de três anos (de junho de 2002 até junho de 2005) 2,6 bilhões de dólares. Some isso ao problema que a Microsoft teve com a Nvidia (fornecedora das placas de vídeo do primeiro Xbox) e temos um cenário que seria um desastre financeiro para qualquer outra empresa de menor porte que a empresa do tio Bill. Além disso, o Xbox falhou miseravelmente em seu ousado objetivo de bater de frente com o Playstation 2 (a diferença de tamanho da base instalada de ambos era enorme), então para a Microsoft não fazia muito sentido em manter no mercado um console que sabidamente não tinha condições de derrotar o rival e ainda por cima dava grande prejuízo a cada unidade vendida (segundo o livro de Takahashi, cerca de US$ 168 por caixa). Então o sucessor da caixa preta precisava ser posto em ação o quanto antes. E aí que a caca toda começou a ser feita.

Sabemos todos que a pressa é a inimiga da perfeição. Com as previsões apontando o lançamento dos consoles da Sony e Nintendo em 2006, a Microsoft sentiu que era a oportunidade de antecipar-se dos concorrentes e aproveitar o maior tempo possível para reunir base instalada e já dispor de uma linha forte de games enquanto os rivais ainda estivessem introduzindo suas plataformas no mercado. Era uma tática que envolvia risco, mas o que a história mostra que a Microsoft simplesmente negligente. Em qualquer produto industrial, seja ele mais ou menos eletrônico ou mais ou menos tecnologicamente complexo, é necessário um design extremamente competente e uma exaustiva bateria de testes de qualidade. Na pressa de colocar o console logo no mercado, o Xbox 360 falhou nesses dois quesitos. Por quê? Dean Takahashi explica em seu artigo “Xbox 360 defects: an inside history of Microsoft’s video game console woes’:

“A Microsoft decidiu tardiamente adicionar um disco rígido na maioria das máquinas. Também veio tarde o plano de adicionar controles sem fio; todos os consoles prévios foram enviados com controles com fio. O disco rígido bloqueou o fluxo de ar de um lado da máquina. E os módulos sem fio tinham que ter o suficiente do próprio espaço para assegurar que não houvesse interferência elétrica. No final, a máquina era uma série de concessões.”

(…)

“As máquinas de testes não foram devidamente debugadas, devido a uma má iniciativa de corte de custos que cortou US$ 2 milhões de US$ 25 milhões pagos a Cimtek, uma produtora de máquinas de testes do Canadá. O time da Microsoft decidiu não pagar a taxa de consultoria para a Cimtek construir, gerenciar e debugar as máquinas de teste. Fontes familiares com o problema disseram que havia apenas 500 máquinas de teste na época do lançamento, um terço das 1.500 necessárias.”


Bonito, mas muito mal fabricado

Brilhantismo puro da turma do tio Bill. Primeiro que ao contrário do que muitos pensam, design não significa apenas estética ou cuidado com o exterior de um produto, e sim o desenho e o projeto de todas as partes que formam o todo desse produto criado. Fica até parecendo que durante a fase de desenvolvimento do protótipo, o pessoal responsável ia tacando coisa sobre coisa sem se preocupar com as conseqüências. Outra coisa grave das citações acima foi a síndrome de mão de vaca por parte da Microsoft, que ironicamente sempre é referida pelos caixistas como uma empresa que tem “cheat de dinheiro infinito”. A burrada foi tamanha, que a MS teve que gastar mais de um bilhão (isso mesmo, bilhão) de dólares investindo em um programa de recebimento e reparos dos consoles pifados que chegavam aos montes.

Outra idéia idiota foi ignorar os problemas apontados por alguns engenheiros, presentes nos testes de qualidade que apareciam já no processo de fabricação. Exatamente como disse Takahashi:

“Em um memorando de 30 de agosto de 2005, o time reportou superaquecimento no chip gráfico, quebras nos dissipadores de calor, problemas cosméticos com o disco rígido e na frente do console, baixa performance gráfica dos chips da Infineon (agora Qimonda), um problema com o leitor de DVD, e outras coisas.”


Aqui jaz mais um console

Somem isso ao fato de que 68% dos consoles saiam da linha de produção sem funcionar, e temos uma série de idéias idiotas em ação. Isso porque todos aqueles casos de 3RLs que aconteceram em 2006 e 2007 foram dos 32% restantes que saiam funcionando das linhas de produção. Ou seja, o console era tão vagabundo quanto um relógio paraguaio. A avacalhação era tamanha que até os pontos de solda eram ruins, e não resistiam ao superaquecimento da placa de vídeo, e da placa mãe por conseqüência. E a Microsoft ajudava com mais idéias idiotas, combinando memórias com baixa performance da Infineon com as boas da Samsung, contribuindo para o console travar em muitos jogos. E por aí vai, e vai, e vai…

A geração perdida

Conforme os casos de 3RLs iam pipocando, o filme da Microsoft ia queimando de modo irreversível. Depois de idiotamente ignorar uma série de problemas de design, fabricação e qualidade, eles idiotamente demoraram uma eternidade para admitir e tentar resolver o problema. Mesmo com modelos Falcons, Comandos em Ação e Max Steels da vida, as luzinhas continuaram aparecendo e ferrando a Microsoft. Mesmo com uma linha de jogos muito boa e uma grande base instalada, o sonho de liderar a geração foi o mesmo brejo em que estão dezenas de milhares de aparelhos pifados. As idéias idiotas ajudaram a anular boa parte da vantagem de ter permanecido um ano sozinho no mercado, além de terem ajudado o Wii a consolidar sua larga liderança na geração.

E nessa brincadeira lá se foram consoles superaquecendo, DVDs riscando discos, jogos travando por problemas de memória e etc. Talvez a idéia mais idiota entre todas tenha sido a de colocar o consumidor com a parte menos importante de todo o processo. Muito mais do que números e índices, o pior de tudo foram os incontáveis momentos de frustração e raiva de alguém ao ver seu console ir para o saco na sua frente. Eu mesmo meio que desisti de comprar um Xbox devido a todos esses problemas. No fim das contas, como foi mencionado durante o texto, as infames três luzes vermelhas da morte foram conseqüência de um conjunto de idéias idiotas, que incluiu design ruim, peças sem vergonha, ausência de controle de qualidade e dirigentes relapsos. Claro que alguns caixistas mulher de malandro chiarão horrores por causa desse artigo, mas apenas reitero que o sentido aqui era detonar com as idéias idiotas e não o que o Xbox 360 representa em si. As qualidades do console são amplamente divulgadas e tal, mas as 3RLs ficarão atreladas para sempre a imagem do aparelho da Microsoft. Tenho certeza também que os futuros livros de história dos videogames conterão páginas e mais páginas dedicadas a esse vexame histórico.

E o especial 10 idéias idiotas parte 2 finalmente termina. Espero que tenham gostado das diversas infâmias mostradas aqui no blog e tenham rido e tripudiado bastante das idiotices.

Abraços e até o próximo post.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time.

41 thoughts on “Especial 10 idéias idiotas 2 – parte final

  1. ESTO INDGUINADO COM VC AVCF
    “o console era tão vagabundo quanto um relógio paraguaio”
    como q vc fala meu do meu pais preferido?!?!?!? UIAHSUOahsuioHAUIOSH

    e sim o 360 é uma vergonha…porem com ele eu rodo jogos de 10 reais…e eu quero um ps3 q nao da 3rl,tem boa parte dos mesmos jogos,varios jogos q eu amo:mgs,Ratchet & Clank e por ae vai…
    o ruim é o preço dos jogos,mas no paraguai estão entre 80 e 130 reais

  2. Eu sofri com o 3rl. Estava eu feliz da vida jogando quando subitamente tudo parou. Fiquei uns 5 minutos parado igual o Bush quando soube das torres gêmeas. A única palavra que veio em minha mente foi “Me fodi”.

    Vendi-o totalmente em partes. Agora tenho dinheiro em mãos para um novo console, mas visto o trauma que este gerou e os games que lançarão ao fim do ano, o PS3 venceu e é nesse que irei investir.

    É patético pensar que placas e placas são trocadas e o problema apenas reduzido, não solucionado. Isso é falta de respeito ao consumidor que investiu na marca, à indústria do entretenimento eletrônico e ao Master Chief!

  3. não precisa comprar jogo de ps3 no paraguai. Em qualquer forum por aqui vc compra jogo de 60 a 150 reais. Fora que se tiver um cartão internacional vc compra em qualquer loja mundo afora.
    Comprei um ps3 exatamente por não correr o risco de morrer com um segurador de porta branco e caro nas mãos.
    E por causa de Metal Gear. E Uncharted. E God of War. E Wi-fi embutido. E psn gratuita tb. Ah é, lê blu-ray tb…

  4. Questão de pirataria a parte, eu também, pesei muito essa questão das 3RL na hora de escolher um console. Até pq comprei o meu PS3 (e compraria o 360 se fosse o caso) em 12x (não da pra dispor de quase R$ 2k assim a vista). Imagina se pego um 360 e antes de terminar de pagar as 3RL aparecem ?? Fico chupando o dedo e pagando a conta.

  5. Eu tenho um com 3rl em casa!
    Por falar nisso.. alguém já testou aquele procedimento de resoldar os bagulhex que faz o XBox miraculosamente voltar a vida?
    Penso seriamente em fazer isso… gosto bagarai do xbox.

  6. Os tópicos das “10 maiores cagadas II – o retorno”, ficaram excelentes. Parabéns!! Comprei um xbox há pouco mais de dois meses nos EUA. Ok, foi o “liseu edition”, tendo em vista que não uso as redes, etc, etc, achei que seria interessante não ter o HD (Sou do tempo que nem existia save, portanto console para mim é pra jogar e não para usar como “home center ultra power utility”)

    O console é fantástico, muito bom mesmo. Lógico que fiquei (e fico ainda) com medo das 3rl, mas acontece que lá tava U$ 199,00 o que é uma “tchuchuca”, menos de R$ 400,00. Com esse preço não compro nem PS2 destravado… Até agora estou bem feliz, pois além do console comprei mais de 10 jogos lá (NFL Madden 2008 saiu a U$ 2,00 na gamestop, pode rir).

    Se der 3rl vou ficar triste, lógico, mas pelo menos não paguei R$ 1.800,00 como o pessoal que foi obrigado a comprar no Brasil. É simplesmente um roubo!!!

    Abs

  7. flavio coffe disse:
    “Se der 3rl vou ficar triste, lógico, mas pelo menos não paguei R$ 1.800,00 como o pessoal que foi obrigado a comprar no Brasil. É simplesmente um roubo!!!”

    so q ake nos temos 3 anos de garantia sobre defeitos…se deu 3rl vc manda pra eles e eles te mandam 1 novinho!!!

  8. Belo especial.

    Confesso que nem lembrava desse problema (no seu auge, já foi o suficiente para eu perder qualquer interesse que eu tinha no console, que já era pouco).

    Merecidíssimo!

  9. Eu fui mais um dos que com medo das 3rl, deixou de comprar o console.Para mim, a própria Microsoft ajudou eu a adquirir o meu ps3, mesmo com jogos originais.
    E confesso,agora, não troco poder rodar jogo pirata nenhum por poder jogar on line e comprar os jogos da PSN.

  10. Pois eu resolvi finalmente correr o risco de comprar um x360. Tenho um amigo que trabalha justamente com manutenção de consoles, e em cerca de um ano dos modelos jasper lançados, ele não pegou um só para manutenção.
    Mas isso veio tarde, e exatamente como o AVCF disse no tópico, destruiu completamente as chances (enormes) da micro$oft de dominar esta geração.
    Puro descaso com o consumidor e com a marca.

    A MS foi a responsável por eu ter comprado meu wii e torrado uma grana preta com cabo componente, acessórios e jogos originais.
    Com mais de 30% de quebra por 3rl, eu nunca compraria um x360 até bem pouco tempo atrás.
    Também não comprei e nunca comprarei um ps3.
    Porque?
    Porque eu criei certa antipatia pela sony, com sua postura de donos do mundo e declarações desastradas do kutaragi, e mais ainda pelos jogadores sonystas.
    Os jogadores sonystas me fizeram comprar um n64 em vez do ps1, e um gamecube em vez do ps2, e nesta geração, me fizeram querer um x360 como segundo console, em vez do ps3.
    Mas isso é outra história, pra outros tópicos.

  11. Mesmo se o Xbox 360 não tivesse o problema do “”Red Ring of Death”, acho que dificilmente ele desbancaria o Wii da liderança da geração atual de consoles. De qualquer forma, a Microsoft perdeu uma chance de ouro.

    Quanto aos preços abusivos dos consoles no Brasil (o que daria um post excelente), pior que o preço Xbox é o que está acontecendo com o PS3 Slim aqui.

    A Sony lança lá fora o modelo com preço reduzido (US$ 299,99), mas aqui há lugares como Submarino e Lojas Americanas estão cobrando R$ 2.000,00 ou seja, um verdadeiro assalto!!! Mesmo com altíssimo imposto de importação brasileiro, só a ganância por lucro rápido justifica esse preço.

    Pra ser te uma idéia, um PS3 “fat” de 80 GB, que nos States sai por US$ 399,99 aqui é vendido pelas mesmas Lojas Americanas por R$ 1.400,00.

  12. Diego Sanchez surgiu das trevas malignas após abrir um pentagrama de fogo em São Paulo? Há quanto tempo ein…

    Mas basicamente é o que ele disse. Apesar do Xbox ter sido um puta videogame bacana e divertido, o FILHO DA PUTA deu 3rl e foi eternamente pro saco. Não vou me arriscar novamente com ele. Agora vou viajar e trarei um ps3…

    Fora que agora em outbro até dezembro só teremos lançamentos bons, priorizando algumas das melhores franquias da Sony chegando em combo. E terei blu-ray no meu quarto. Hell Yeah.

    E vida longa ao Wii de meu avô que caiu até no chão e nem gagueira ele teve.

  13. gnt…alguem me acha ista???

    e tipo,nao falei,mas o meu amigo ele comprou o 360,se achava todo fodaum XD,e com 6 meses de uso deu 3rl…¬¬
    e sim Diego Sanches…pra mim e vantajoso ir no paraguay,fica uns 30 min de casa,tenho uma exelente variedade de jogos e ainda posso tomar um chá(pq odeio café) nas lojinhas 🙂
    mas nao descarto a compra por forums e afims…

  14. uia… achei alguém que vai comprar jogos de ps3 pra mim no paraguay, testar e depois me enviar \o/ hahahahahaha

    essa foi a 2 principal razão de eu não ter comprado o 360 e ter pego um ps3 qdo fui pros eua….. a primeira foi GOW3 😀

    nem a opção de destravar o xbox me fez escolher ele.
    Estou bem satisfeito!

  15. Edwazah eu até te mandaria…so q tem 2 problemas serios:
    1-eu não teria como te dar nota fiscal de uma loja brasileira(já q eu teria q pagar trocentos impostos)
    2-so poderia te mandar o produto de cascavel,porque em foz certos produtos são proibidos de serem enviados(até quando comprei um cd de banca q veio com defeito,demorou 2 semanas pra chegar ao destino.isso q eu ainda escrevi q tava com defeito ¬¬)

    mas se um dia vc quiser conheçer as “cataratas ou itaipu” eu sirvo muito bem como “guia turistico” :)…entendeu “guia turistico”!

  16. Pra mim a Microsoft gastou a grana que gastou com o primeiro X-Box de propósito só pra dizer “estamos aqui”. Querer lançar um console as pressas pra desbancar a concorrência parece coisa da SEGA, hwa hwa hwa. Aliás, me atrevo a dizer que a Microsoft é a SEGA com muito, mas muito dinheiro.

    Por fim, embora eu não tenha nenhum console atual, o dia que for comprar (se for) será um Wii, pelo único motivo que me faz escolher um console: os jogos (pois é, é foda ficar sem Mario, Metroid, Zelda…)

  17. avcf disse:
    “Desconhecia esse lado muambeiro do Nitroxx. Deve ser nessas travessias de fronteiras que ele arruma aquelas coisas de RBD e tal.”

    poxa foi la q eu comprei o dvd rbd live in rio hsAHSOUhau

  18. Bom, eu sou conrajoso e tenho um Xbox 360 há 1 ano e pouco e nunca deu nenhum problema! Ele é desbloqueado e eu jogo na live direto sem ser banido!

    Acho q eu posso me considerar um cara muito sortudo! =D

  19. Comprei um xbox 360, jasper.

    e funciona que é uma beleza. O console nao fica nem morno, isso que jogo horas a fio…
    Mas por via das duvidas, vou juntar uma grana pra comprar um PS3, hehehe.
    Mas enfim, o jasper é confiavel, só que nessa altura do campeonato, nao importa mais, afinal, quem vai comprar um console atualmente, ja tem uma opiniao formada.

  20. Segredo obscuro do Titio João:

    – Em dias de calor intenso meu quarto vira uma pseudo sauna e mesmo o ventilador de teto não dava conta do Box que esquentava cada vez mais conforme eu usava. Cheguei ao ponto de usar um ventilador somente para ele. Nunca imaginei que chegaria a esse ponto patético de colocar um ventilador virado pra ele não esquentar tanto… e pior que ajudava, mas meu quarto virava uma sinfonia de barulho com o cooler do Box e os ventiladores.

  21. titio joão…ake e o contrario
    se eu deixar meu quarto fechado o dia inteiro,PODE TAR 40° BATENDO NA JANELA,que meu quarto continua fresquinho o suficiente pra dormir de “cobertor” Oo
    no inverno dae q e fods,pq ao invs de esquentar…ele esfria demais…ja fico 10° no meu quarto e 15° fora ¬¬

  22. Eu tb sou um dos que tomaram com a M$ e tive que deixar minha grana pros malas da $ony, fazer o q não consigo ficar sem VG, mas tb nao tenho coragem de me arriscar a ficar na mão de novo. Parece brincadeira, mas na semana que terminei de pagar as prestaçoes da bomba, ela pifou…
    Ah, e qto a ressolda, Betinho, nem perca sem tempo e dinheiro, pois esta foi uma das coisas que aumentaram meu prejuízo com o caixote, não durou nem uma semana o conserto…

  23. e hoje em dia a m$ está pensando em lançar um 360 slim…se so trocarem a carcaça vão fazer um pequeno forno q roda games!!!

    VEJAM Q MAGAVILHA!

  24. Só espero que não façam merda se resolverem lançar uma versão slim do 360. Digo… que ele não perca nenhuma de suas funções – como ocorreu com o PS3 Slim e, em menor escala, com o PStwo.

  25. Não chegou perto de me convencer a não comprar uma caixa X mês que vem.

    Isso aí fica feio pra Microsoft, mas, quem liga? Se der problema no console, é só ir na garantia e trocar, problema é da Microsoft. O que eu quero é um videogame com ótimos jogos (GTA IV, Resident Evil 5, Call Of Duty 6) e relativamente baratos e ver filmes em DVD.

    PS: AMO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO MEU WII, meu N64, meu SNES e meu NDS, nunca os abandonarei. No momento Zerando NSMB \o/ (Wii & DS)

  26. sofri com as luzes
    tava de boa jogando naruto la com meu irmao, quando derrepente…. paf! o console apita, a tela fica serrilhada, controles nao respondem… do nada, apaga tudo e vc so v as luzes vermelhas piscando. minha primeira reação foi gritar horrores e uma pancada de palavroes por uns 5 minutos, dps disso, eu pensei : ” nao tenho idade para isso!” catei o console, a chave de fenda, um pano umido e vamos nos para a mesa da cozinha… a primeira coisa que eu fiz foi colocar a chave na fonte, entre o meu desespero em perder dinheiro e o console, fiquei com o console, e prensei a chave ate no fundo, depois voltei e coloquei ele na tv o bicho nem ligou, tirei pacientemente tudo que tinha nele ( HD, pen drive, fonte , cabo av etc) virei ele de ponta cabeça e sacudi, coloquei de novo e para meu espanto… funcionou, sim o problema voltou 20 minutos depois e tudo que eu fiz foi LIMPAR a parte de ventilaçao dele pelo lado de fora e funfou… meu ps3 travou a porra do leitor depois disso e eu nao tiva coragen de fazelo de cobaia por ser muito caro $.$ e la se foi metade do meu salario para consertalo e eu enjuar e aposentar ele ¬¬

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *