Dica de livro: Trigger Happy de graça na rede

Saudações aos senhores.

Ler é uma atividade fundamental a saúde cerebral e atividade básica para qualquer ser humano que queria aprender alguma coisa que preste na vida. Eu dei essa dica ano passado e não custa repetir: o livro Trigger Happy, escrito pelo jornalista britânico Steven Poole pode ser baixado de forma gratuíta na rede, de forma oficial, disponiblizado pelo próprio autor. É isso mesmo amiguinhos, uma obra completa, grátis e sem pirataria. Mais informações na continuação do link.

Publicado originalmente em 2000 e posteriormente reeditado em 2004, Trigger Happy é um dos melhores livros que tratam de forma séria e filosófica sobre o universo dos videogames. Talvez motivado em ajudar pobres almas ávidas por informação gratuita ou por ter acordado de um sono angelical, o fato é que o autor britânico Steven Poole disponibilizou sua obra para que qualquer possa tenha acesso ao pdf dela. Eu pessoalmente recomendo o livro não apenas para ser lido, mas como uma peça de reflexão. O texto é excelente, bem argumentado e lhe fará se questionar sobre muita coisa que você achava que sabia sobre os jogos. Temas como linguagem narrativa, construção psicológica de personagens, game design, arte, entre outras coisas fazem parte de um pacote bastante sólido. Talvez o único defeito seja o fato de que o autor acha que Tomb Rider seja um jogo bom, mas tudo bem, pois ninguém é perfeito.

Quem quiser saber um pouco mais sobre o autor do livro, tem uma entrevista com Steven Poole neste link. É legal para ler também. Se você é como nós do Loading Time que crêem que os games servem para serem não apenas jogados, mas também pensados, peguem esse pdf e gaste algumas horas com ele. O texto está em inglês (também não existe edição em português), mas é tranquilo sua compressão. Nada que um dicionário ao lado não possa ajudar em alguma passagem eventual. Aproveitem e boa leitura.

AvcF – Loading Time

One thought on “Dica de livro: Trigger Happy de graça na rede

  1. bem, vou baixar este livro sim…
    os games para mim são mais como uma força marcante da minha vida do que apenas jogos…
    lembro e tenho saudades dos meus amigos quando nós jogavamos top gear juntos…os games nos uniamos, hoje alguns jogam e outros viraram geração playstation…
    os games me dão muitas saudades devido a ocasião e com quem eu jogava antigamente.
    Cada um tem o seu gosto e eu sou antigão mesmo.
    Acho que a leitura, os livros e o heavy metal fazem parte da cultura dos gamemaniacos… valeu!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.