Cool Vibrations:Ridge Racers (PSP)

Ridge Racers

Saudações aos correntistas.

No post de hoje falarei sobre o primeiro game de PSP que joguei: Ridge Racers, da atual Namco Bandai. Sem dúvida um joguete porreta. Acompanhem.

Creio já ter mencionado aqui no blog que (para a surpresa de alguns, presumo) comprei um PSP antes do DS. A razão para isso foi a expériência ruim que tive com alguns games ruins da leva inicial do DS, o que na época broxou minha expectativa com o aparelho. Algum tempo depois eu vi um PSP rodando e fiquei de queixo caído com que o bichinho era capaz de fazer. Aí vocês me perguntam: mas qual jogo que eu vi rodando? Exatamente, foi o Ridge Racers.

Já sabia da existência da série de games do Playstation e Playstation 2, mas como nunca fui muito chegado a games de corrida (tirando algumas excessões estilo arcade), nunca dei a menor pelota por qualquer Ridge Racer que fosse. Mas por increça que parível, aquele disquinho conseguiu me ganhar, vencendo minha indiferença inicial. O jogo começou impressionando com sua bela apresentação e sua interface impecável, prática e de belo design. Digo isso pelo fato de eu ter a versão japonesa (a americana sequer tinha lançado quando eu comprei) e mesmo assim eu não me enrolei em hora alguma para achar uma opção que fosse.

Ridge Racers tela
Ridge Racers rodando. No PSP é bem mais bonito que na foto.

Até por ser um jogo portátil, tudo em RR é bastante direto, sem delongas. A estrutura de jogo se baseia em sequências de corridas em que deve-se chegar em terceiro, segundo e em primeiro, para assim subir de categoria e abrir carros mais possantes. Há uma boa variedade deles, todos bem modelados e com designs imitando carros de corrida reais (com direito até a montadoras fictícias). As pistas são versões modernizadas presentes nos jogos anteriores da franquia, com vários tipos de traçados e algumas variações nos temas das paisagens que compõem o redor delas. A única ausência que senti foi ter alguma pista com neve ou chuva, pois seria muito legal uma circuito com tais características em um jogo cuja dirigibilidade se baseia fortemente nas derrapagens (ou drifts se preferirem).

Por falar nas derrapagens, o gameplay é bem agradável, estilo arcade, sendo ágil e acessível. A curva de aprendizado é suave, até porque, a exceção dos três primeiros colocados, o comportamento dos carros do computador é bem previsível. As respostas dos comandos funcionam de acordo, só achei horrível a sensibilidade do analógico medíocre do PSP, jogar com o direcional é o que há.  Como falei acima, as derrapagens têm papel fundamental no gameplay do jogo, pois o desenho das maioria das pistas possui setores que favorecem essa prática, além de que ao derrapar acumula-se turbo. A utilização estratégica deles (pode-se juntar três no total) é essencial nas categorias superiores, especialmente  nas contras um contra um contra os carros especiais.

Tecnicamente impecável, Ridge Racers ainda hoje tem um conjunto audio visual impressionante para o padrão do PSP. Bem construído e artisticsamente belo, trata-se do jogo de corrida portátil mais bonito que já joguei. Tudo bem que não sou referência desse gênero, mas desconheço outro título que o supere nesse quesito, isso que o tal Gran Turismo Portable é só fumaça até hoje. Vez ou outra religo meu PSP e tiro uns rachas bacanas. Chegou a ser lançada uma segunda versão que mais parecia uma expansão, não inovando em nada em relação ao primeiro título portátil. Não se trata de um clássico, mas é um game deveras competente.

Vou ficando por aqui.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time.

 

 

 

3 thoughts on “Cool Vibrations:Ridge Racers (PSP)

  1. Realmente um jogo mto bacana… Aprendi a curtir Ridge Racer com ele.

    Tb foi meu primeiro jogo de PSP… pena q nao andam saindo mtos joginhos bacanas pro portatil 🙁 acabei vendendo… triste

  2. Infelizmente, não sou grande conhecedor da série. O único título que joguei foi ridge racer 64, que era quase um título à parte.
    Aliás, estranhei muito a dificuldade, pois estava acostumado a jogar top gear overdrive (muito fácil) no console.

  3. Sou fã da Serie, joguei todos os jogos, com excessão da versão para O X box 360. Este jogo também foi para mim a minha estreia no PSP, ao lado de Lumines 1. Falo que ele foi uma das melhores versões da série, ao lado de Rage Racer (Ridge Racer 3). Aliado a excelente jogabilidade, colocaram as melhores pistas e as melhores músicas….ficou demais.Quem puder jogar jogue, sem compromisso.Vocês vão se surpreender.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.