Cool Vibrations: Metroid Prime Pinball (Nintendo DS)

Cool Vibrations: Metroid Prime Pinball (Nintendo DS)

Saudações aos leitores.

Finalzinho de ano ainda trabalhando é duro, amiguinhos. Confesso que estou meio quebrado.Mas vamos em frente que ainda tem um restinho de 2009 pela frente. Falarei no post de hoje sobre um joguete cuja qualidade foi inversalmente proporcional ao seu destaque: Metroid Prime Pinball. Acompanhem.

No começo de vida do Nintendo DS, o que viria a ser a trilogia Prime ainda sacudia a série Metroid. Metroid Prime foi grande sucesso no GameCube, e sua sequência Echoes manteve o patamar de qualidade. O nome Metroid vivia um crescente destaque com o demo de Metroid Prime Hunters para o então novo portátil da Nintendo, o DS, e a Samus vivia aparecendo nas revistas especializadas. Foi durante esse período que surgiu a estranha porém divertida idéia de aproveitar-se da morph ball e fazer um game de pinball em cima disso. Games de pinball nunca foram muito festejados nos videogames, seja nos PCs, seja nos consoles, por um motivo muito simples: nunca conseguiram bater a experiência das mesas de fliperama reais. Além disso, boa parte desses títulos também não tinham muita qualidade, independente das limitações das plataformas a que foram projetadas. A própria Nintendo passou por isso quando lançou o simplório Pinball, um dos games pertecentes da linha inicial de jogos do NES:

Aqueles cds de demos de computador também costumavam vir com alguns pinballs temáticos (até me lembro de um do Duke Nukem), todos bem fraquinhos em matéria de simulação. Enquanto os pinballs reais se sofisticavam cada vez mais, com recursos audio visuais e efeitos mil, os pinballs digitais eram bem pobrinhos, e se tivessem mais de uma mesa já era muito. Mesmo assim, muitos jogos assim foram feitos para diversas plataformas. Até o Windows vinha com um tosquinho chamado Space Pinball:


Pelo menos era mais animado que o Paciência Spider

Voltando aos consoles, a Nintendo até fez alguns pinballs razoáveis com a franquia Pokémon, além de um pinballzinho medíocre usando o Mario como a bola (?). Já Metroid Prime Pinball partiu de um conceito com bem mais sentido, já que havia o fato óbvio de a Samus ter a capacidade de se transformar em uma bola, além de que o universo dos games Prime era rico o suficiente para usar de base para os elementos típicos de uma mesa de pinball. São três mesas no total, com direito a chefes e desafios a serem cumpridos. Mas a grande vantagem que a Fuse Games (produtora do jogo) utilizou com maestria foram as duas telas do DS. Nos pinballs digitais feitos para outros sistemas, tinha-se o problema da difereça entre a extensão da mesa e da tela de jogo, o que obrigava a utilizar rolagem ou trocas de tela, o que costumava atrapalhar a experência de jogo. No DS não havia esse problema, além de que o layout levava em conta o espaço que há entre as telas, então o jogo nunca era interrompido e ao mesmo tempo não houve a necessidade de limitar ou diminuir os detalhes para fazer a mesa caber em uma tela só.


Review da Gamespot

Como ficou claro também pelo video, o jogo é bastante competente em todos os aspectos técnicos, incluindo a física da bola em relação aos elementos da mesa. Também destaco a ótima trilha sonora, baseada no excelente Metroid Prime do GameCube. No geral foi o melhor game de pinball que já joguei, o bichinho é bom mesmo. Só era desnecessário aquele inútil e barulhento cartucho de vibração, como se tremer um console portátil adicionasse alguma imersão.

Vou ficando por aqui, amigos. Até o próximo post.

André.V.C Franco/AvcF – Loading Time.

7 thoughts on “Cool Vibrations: Metroid Prime Pinball (Nintendo DS)

  1. Este é um dos meus jogos favoritos do DS. Eu já disse aqui que gosto do barulhento rumble pak (não por ser barulhento), e isso é por causa deste jogo. O rumble pak melhora a sensação “arcade” dele.
    Na verdade existem 6 mesas nele: os dois primeiros, mais tradicionais, o da neve com chefe onde pega a bomba, um outro com chefe que pega os mísseis, e uma fase especial onde se quebra algumas pedras, e a do último chefão (qualquer erro me concertem). Excelente jogo, o melhor de pinball que joguei.
    O do Windows é bacaninha, tenho uns primos que viciaram nele.

  2. Olha, o Space Pinball do windows se levar em consideração o SO ao qual pertence é até muito bem feito, já que é apenas um extra. De qualquer forma diverte bem por um tempo.

    Esse Metroid Prime Pinball nunca joguei, mas lembrando dos pinballs da Nintendo, nunca me esqueço do Pókemon Pinball para GBC (também com Rumble Pack), tinha um amigo meu que quase se mijava de ir quando o Pikachu gritava “pika”…

  3. O jogo é bom e bem feito, mas pela quantidade pouca de mesas perdi muita da vontade de jogar depois de zerar a primeira vez. Até fiquei batendo recodes ali e acolá… mas encheu o saco.

  4. Eu gostava daquele rumble pack esquisito…
    Lembro q Joguei o Mario & Luigi 2 usando aquilo e tinha umas coisas interessantes no seu uso.

    Pena q removeram o suporte a rumble pack do Mario & Luigi 3 americano… poha, pra q remover se ja tá la? ¬¬

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.